A DaguiaNossas DelíciasPrateleiraReceitasSeu EspaçoContato

Sabor de Damasco



Quem nunca parou um momento da tarde para saborear uma fatia de torta bem servida e deliciosa? Uma fatia de Cheesecake de Damasco é a melhor companhia para um lanche no final da tarde.

Diferentes sabores como os das nossas tortas permeiam os desejos do dia a dia se somam às boas lembranças, que podem ser desde as receitas que as avós de muitos sabem administrar com uma destreza invejável até momentos inesquecíveis, especiais.
 

O Natal está chegando



Com os jingles natalinos tocando em todos os lugares e as lojas no comércio sendo enfeitadas na espera pelo Bom Velhinho, você percebe que o Natal está chegando, e com ele, a tradicional mesa farta de comidas deliciosas que você só come nessa época do ano.

Para você, acostumado a curtir essa, que é uma das datas mais importantes do nosso calendário, junto à família, amigos, presentes e um bom menu, aqui tem as tortas mais deliciosas para sua mesa do natal, além de super recheados, são clássicos e enchem os olhos pela beleza e nos prendem por serem tão saborosos.
 

Quem resiste a uma boa fatia de torta?



Dezembro é época de cereja, charmosa, nutritiva e como qualquer fruta é mais gostosa in natura. E já que estamos na época das festas resolvemos escolher algumas opções de tortas para sua festa de natal, são elas: Cheesecake, Torta do Bosque, Cheesecake de frutas vermelhas e as Mini tortas sem adição de açúcar.

Quem resiste a uma boa fatia de torta? Mesmo em meio a tantas opções, os convidados da sua festa vão se deliciar se você oferecer uma ou duas opções de tortas doces para o encerramento.

Os convidados vão adorar o carinho da anfitriã e não vão querer sair da sua casa, querendo sempre mais uma fatia da torta!
 

Uma combinação perfeita!



Uma boa maneira de compor uma música é comendo chocolate. Todo mundo concorda que comer este doce é uma delícia, imagina ouvindoa sua canção favorita? Combinação perfeita!
 
O chocolate já foi inspiração para algumas canções. Como, por exemplo, na década de 80, o Trem da Alegria era febre entre crianças e pré-adolescentes, cujo carro chefe era a doce canção “vou te mostrar que é de chocolate, de chocolate o amor é feito, de chocolate, choco, choco, chocolate bate o meu coração”. Outra canção que também serve de referencia é que o cantor Tim Maia compôs em 1970, que tinha o famoso trecho “Cho-co-la-te! Cho-co-la-te! Eu só quero chocolate”.

 
Tim Maia recebeu uma encomenda de uma agência de publicidade para criar um jingle de uma campanha da Associação dos Produtores de Cacau. Chocólatra assumido, ele utilizou a base harmônica de “Meu País” e criou um jingle tão genial que se tornou um clássico da música brasileira: “Chocolate”. Anos mais tarde, a música seria regravada pela cantora Marisa Monte.

 
Ser apaixonado por chocolate é saber desvendar todos os efeitos que ele pode causar e, ao degustar cada pedaço, e não conseguir explicar com palavras o sabor por ser tão bom!

 

Tortas Inesquecíveis



Tortas são bonitas, gostosas, nos trazem lembranças de diversos sabores. Aquela do aniversário que foi a Torta Tentação, a Doce de Amarena que compraram para despedida de uma amiga, ou a daquela visita na casa de um conhecido que, quando você menos esperava, te serviu uma Torta Cappucino! Tem tortas que a gente bate o olho e já sabe que vai gostar, que não tem como esquecer gosto e que da água na boca só de lembrar!

É tão bom lembrar do sabor dos pedacinhos de morango ou aquela massa fofinha de chocolate e recheio de leite moça... Huuum! É essa afetividade que a gente sente por esses doces incríveis é para o resto da vida. E melhor ainda é saber onde sempre encontrar esses sabores inesquecíveis.
 

Unindo as duas paixões: tortas Daguia + fotografia



As tortas da Daguia além de deliciosas são lindas, não é mesmo? Tão lindas que a gente não resiste, e precisa tirar aquela fotinha para postar no Instagram #instafood #instagordo ou no Facebook, e deixar geral com água na boca.

Pensando nisso, a gente resolveu incentivar ainda mais essas duas paixões (pelas tortas Daguia e pela fotografia). Assim, divulgaremos todas as fotos das delícias Daguia que forem registradas por nossos clientes.

Basta caprichar no clique, marcar o perfil da Daguia na foto ou nos enviá-la, e esperar para ver seu registro em nossa página.

Participe!
 

Etiqueta à mesa



Confira algumas dicas sobre como arrasar na hora de colocar a mesa, seja para refeições do dia a dia ou ocasiões mais especiais.

Mesa para o dia a dia
Deve haver neste caso quatro peças dispostas na mesa: o prato, a faca, o garfo e a taça. Além do guardanapo (de papel ou tecido). Essa é a mesa mais conhecida pelos brasileiros e, por isso, mais usual.



Mesa para receber convidado especial
Esta mesa possui 10 peças. Há o sousplat, que é uma espécie de aparador usado para proteger o prato. Além disso, ainda podemos encontrar talheres especiais para salada, sopa e sobremesa.



Mesa formal
Geralmente usada em ambientes de gala, mais formal que as outras. Aqui são organizadas as louças para couvert, talheres especiais para peixe e taças de água, vinho e champanhe



Observação: Se você não servir algo, não coloque o item específico para isso. Por exemplo: Se não for servido peixe, não coloque os talheres para ele. O mesmo serve para taças específicas.

Talheres de sobremesas

Cada talher de sobremesa tem um uso específico:
- A faca é para cortar fruta;
- O garfo é para sobremesas secas como tortas e bolos, bem como para auxiliar a colher em algumas sobremesas;
- A colher deve ser usada para sobremesas como mousses, gelatinas, sorvetes e doces com calda.
 

Pessoas inteligentes comem muito chocolate



Parece bobagem, mas existe uma relação entre o consumo de chocolate e os países onde vivem os vencedores do Prêmio Nobel.

E se você acha que essa é mais uma daquelas pesquisas de quem realmente não tem o que fazer, acertou! O cardiologista Franz Messerli estava muito bem deitado num quarto de hotel, sem fazer nada, quando parou para pensar sobre um estudo que mostrava como o flavonóide do cacau pode aprimorar nossas habilidades cognitivas. Aí ele começou a analisar se os países de onde mais saíam vencedores do Prêmio Nobel consumiam muito chocolate. E concluiu: quanto maior o consumo de chocolate per capita (kg/habitantes) de um país, maior o número de gênios premiados com o Nobel, a cada 10 milhões de pessoas.

Os suíços, por exemplo, que somam quase 8 milhões de pessoas, já levaram 29 premiações. Lá, cada habitante come quase 10 quilos do doce por ano. A Suécia e Alemanha também. Seguindo a média encontrada pela pesquisa, para ganhar mais um Nobel, qualquer país precisa aumentar em 400 gramas o consumo anual de chocolate. Bem, até o pesquisador sabe: ninguém vai ganhar um Nobel depois de se entupir de chocolate.

Mas se esse pessoal inteligente curtia uma barra de chocolate, por que não seguir o exemplo, né?
 

Dia das Crianças se comemora com doce



Doce + Dia das Crianças. A combinação perfeita!

Para quem está preparando aquela comemoração especial de Dia das Crianças, regada de presentinhos, passeios e muitas guloseimas, para os filhos, sobrinhos, afilhados, ou até para você mesmo, não pode deixar faltar os doces especiais da Daguia.

Torta de chocolate? Docinhos? Cupcake? Difícil é escolher qual dessas delícias mais combina com a data. É tanta opção boa que chega bate a dúvida, né? O Dia das Crianças é uma data muito linda, pois homenageamos aqueles que serão nosso futuro.

Até os adultos entram no clima relembrando sua infância. Afinal, bom mesmo é manter o espírito e a inocência das crianças para sempre dentro de nós.

E aí, vai um docinho?
 

Sorvete de Facebook



Soa até engraçado, mas a novidade já existe e anda fazendo muito sucesso. Para nos viciar ainda mais, criaram um sorvete de Facebook.

A Sorveteria Valentino Tisno (na ilha de Murter, Croácia) vende sorvetes com sabor de Facebook.

Admir e Ibi Adili, os irmãos sócios da sorveteria, criaram o sabor colocando um pouco de xarope azul em uma base de baunilha. Admir, depois de perceber que sua filha Bibi, de 15 anos, passava muito tempo no Facebook, teve a ideia de criar o sorvete para atrair outros fãs da rede social.

Acredite ou não, o seu plano realmente funcionou. O sorvete azul tem sido um grande sucesso com os turistas neste verão, mesmo tendo gosto de chiclete.

E aí, merece um like?
 

Uma tradição americana: Torta de Maçã



A Torta de Maçã é um dos símbolos da gastronomia americana, indispensável em dia de Ação de Graças. Mas ela não é originária do país, a torta já era produzida na Inglaterra, antes dos Pilgrims levarem as primeiras sementes de maçã à América do Norte.

Os Estados Unidos acabaram se tornando um dos maiores produtores da fruta no mundo, em parte, por causa de um dos seus heróis, Johnny Appleseed, cuja lenda mistura fatos históricos com folclore. Suas estórias fizeram da Torta de Maçã um prato tradicional americano.

A lenda conta que, enquanto Appleseed andava descalço sobre a terra, jogava sementes de maçã no chão, aonde quer que passasse. O certo é que, começando com mais de 25 anos de idade até a sua morte aos 71 anos, em 1845, o excêntrico herói viajou milhares de milhas plantando árvores de maçã e iniciando viveiros para macieiras.

É sempre bom conhecermos as histórias que embalam a gastronomia, principalmente as de iguarias tradicionais das diferentes cozinhas do mundo, que sempre trazem muitas curiosidades por trás de suas receitas.

A torta de maçã é uma delícia da culinária americana, mas você não precisa ir até aos Estados Unidos para prová-la. Na Daguia você encontra uma deliciosa Torta de Maçã, feita com uma massa macia e saborosa, recheada com maçã e canela.

Hummm! Deu água na boca, né? Vem provar!
 

Doce que vicia: Candy Crush



Que doce é irresistível, não é novidade. Mas quando um joguinho com doces coloridos é que se torna o vício? Um tabuleiro cheio de doces diferentes. A tarefa é juntar os que têm a mesma cor, mas há obstáculos e truques para conseguir ao longo dos 400 níveis.

Muitos passam incontáveis horas jogando e alguns chegam a gastar centenas de dólares com isso. Criado em 2012 pela empresa King, Candy Crush Saga, é o jogo mais popular da história do Facebook, jogado mais de 600 milhões de vezes por dia, por 50 milhões de usuários. O game era, inicialmente, compatível apenas com dispositivos IOS. Hoje, está disponível para Android e roda em PCs via Facebook ou no site do desenvolvedor. Famoso, o Candy Crush apareceu no clipe mais recente do cantor sul-coreano, Psy. A página oficial do jogo no Facebook tem, aproximadamente, 42 milhões de fãs.

Existem grupos no Facebook nos quais as pessoas fazem amizade com desconhecidos para obter ajuda no jogo. De acordo com sua desenvolvedora, o Candy Crush tem cerca de 9 milhões de usuários ativos, por dia, no Facebook. 69% dos jogadores são mulheres, 30% são homens e 1% não foi possível identificar. O site Distimo, que faz análises de aplicativos e suas rentabilidades, indicou que o Candy Crush foi o aplicativo que mais gerou renda na App Store e na Google Play em julho passado. É, realmente, um vício irresistível! Porém, assim como o consumo de doce na vida real tem suas restrições, os doces do mundo virtual também têm. Um jogo só é saudável quando não altera os outros aspectos da sua vida.

O Candy Crush tem feito muita gente perder a noção do tempo, compromissos, dinheiro e afins. Devido o aplicativo estar integrado ao Facebook, esta interação, que vem com a rede social, aumenta ainda mais o desejo de jogar, pois toda hora tem alguém te lembrando.

E você, também já foi seduzido? Ou é daqueles que só não resistem a um docinho de verdade?
 

Hoje é dia de praia: Ponta Negra



A praia de Ponta Negra é uma das mais agitadas de Natal. Sempre cheia de turistas admirando o Morro do Careca, cartão postal da cidade, cercada de bares, hotéis e surfistas, que não resistem as suas ondas no fim da tarde. Mas nem sempre foi assim. Ponta Negra já foi praia de veraneio do natalense, mais isolada, tranquila e cercada de vegetação, devido ser mais afastada do centro da cidade. Hoje, a região tornou-se um dos maiores e principais bairros de Natal.

Reza lenda que a praia ganhou este nome, pois, ao observá-la do Farol de Mãe Luíza, via-se apenas uma ponta do morro coberta de vegetação escura, a ponta negra. Dispondo de tanta beleza, sem dúvidas a praia de Ponta Negra é uma das maravilhas de Natal. Por isso, seu nome também inspirou uma das maravilhas da Daguia, a torta Ponta Negra, que traz massa de chocolate, recheio de creme de chocolate e cobertura de mousse de maracujá.

Não tem como resistir, né? O dia ta bom pra pegar uma praia. Vai um pedaço de torta Ponta Negra aí?
 

5 doces bizarros já produzidos no mundo



Na busca por um maior consumo, empresas fabricantes de doces e guloseimas estão sempre tentando chamar a atenção do público. Assim, já foram produzidos doces esquisitíssimos. Vamos conhecer alguns?

CHOCOLATE “PALAVRAS CRUZADAS” – Sabe aquele joguinho chamado “palavras cruzadas”, onde cada letra vale tantos pontos, e vence quem conseguir formar palavras com as letras mais complexas, marcando mais pontos? Pois bem, aproveitando-se da semelhança de tamanho entre os quadradinhos do jogo e quadradinhos de chocolate, uma fábrica suíça lançou uma barra que imita as peças. Você provavelmente pode terminar uma partida, mas antes da segunda terá que comer as pecinhas do jogo.

PIRULITO DE BACON – A paixão americana por um suculento bacon os levou a inovar. Para aqueles que não se contentam em comer a iguaria apenas no café da manhã, criaram o pirulito cafeinado de bacon, que é altamente energético.

PÓ COMESTÍVEL PARA TRAVESSURAS – São 3 tipos de doces feitos para pregar peça em alguém: o extremamente azedo, o que pinta a boca e o que faz a saliva espumar.

PASTILHAS PARA HÁLITO DOS ZUMBIS – Uma boa ideia para você se defender de um possível ataque zumbi, né? E aí, seu zumbi, vai uma pastilha?

CHICLETE DE TESTOSTERONA – Os japoneses desenvolveram um chiclete que irriga o organismo do homem com doses extras de testosterona. Segundo propaganda do fabricante, o chiclete o ajuda a se manter jovem, saudável e viril.
 

Damasco: o azedinho do bem



O damasco é o fruto do damasqueiro, árvore originária da China e Sibéria que pode chegar até 7 metros de altura. A fruta foi introduzida na Inglaterra, durante o século XVIII, e na América do Norte, em 1920.

É pequeno e arredondado, com casca e polpa amarelas, ligeiramente rosadas ou alaranjadas. O damasco auxilia nos problemas de retenção de líquidos ao ser diurético. Também atua facilitando o impulso nervoso, inclusive é uma fruta ideal para os mais estressadinhos. É rico em fibras que ajudam no bom funcionamento do intestino, além de ser altamente nutritivo em vitaminas A e B, e quase não possuir gorduras.

O damasco, seja ele fresco ou seco, ajuda a adoçar os alimentos de forma nutritiva. Por exemplo, o fruto fresco pode ser consumido ao natural ou usado na preparação de mousses, pavês, doces, cremes e geléias. Quando seco é utilizado em cremes, recheios e sorvetes. Já o damasco em calda tem um uso parecido ao do pêssego, sendo usado na preparação de pavês e tortas.

Quantos benefícios numa fruta só, hein? E para deixá-la ainda mais atrativa, aqui na Daguia a gente tem uma receita especial de Cheesecake de Damasco para você: base de biscoito, creme de queijo com damasco, cobertura de geléia de damasco e damascos por cima.

Delícia, né?
 

Como surgiu a tradição de comer sobremesa ao final da refeição



Nos banquetes da Idade Média não existia uma ordem para comer: a mesa era posta completa, com carnes, ensopados, pães, tortas, queijos, frutas, bolos, mel. Não havia diferenciação entre categorias de pratos e tudo era comido ao mesmo tempo, do jeito que cada um quisesse. Um dos motivos para essa fartura de doce e salgado era a vontade de ostentar, pois o montante de comida simbolizava a riqueza do anfitrião.

A idéia da sobremesa servida no final da refeição é relativamente moderna. Segundo historiadores, se deu graças a Catarina de Médici, que em 1533 saiu de Florença para se casar com o futuro rei francês Henrique II. A italiana levou para a França muitos livros de receitas e seus próprios cozinheiros. A partir dela, a corte passou a aceitar mulheres nos banquetes, a comer com garfos e a saborear a sobremesa apenas ao final da refeição.

Mas foi só no século XIX que a ideia de apresentar os pratos numa certa ordem foi aceita completamente, e os cozinheiros passaram a montar cardápios, sempre os finalizando com doces. Essa logística facilitou a vida do chef, que até então não tinha uma ordem estabelecida para servir seus pratos, e foi bom também para quem saboreava as refeições, uma vez que passou a aproveitá-la sem que a comida esfriasse.

Mesmo assim, vez por outra ainda tem que dê aquela escapulida e adiante a sobremesa para antes do almoço, né? Afinal, quando a sobremesa é muito boa, não é fácil resistir...
 

O PRESENTE MAIS DOCE QUE SEU PAI PODE GANHAR



Pai é aquele que ensina as melhores lições da vida, que repreende quando é preciso, e que mima sempre que pode.
Pai é aquele que põe no colo, que brinca, que enche de beijo e que abraça apertado.
Pai é aquele que sonha com o melhor para o futuro dos filhos, que lhes ajuda a realizar planos, que se pode contar a qualquer momento.
Pai é aquele que cuida, que ama, e que enxerga seus filhos como seu maior tesouro.
Pai é aquele que impõe limites, que diz “não” na hora certa, que sente ciúmes, principalmente quando a filha arranja o primeiro namoradinho.
Pai é aquele que comemora as vitórias dos filhos como se fossem suas, afinal, não deixam de ser.
Pai é aquele que merece toda atenção, carinho, presentes e homenagens que um filho possa oferecer.
Por isso, neste Dia dos Pais, não pode faltar durante a comemoração uma torta bem gostosa da Daguia Tortas Finas, o presente mais doce que seu pai pode ganhar, depois do seu carinho!
 

Pessoas que gostam de doces são mais amáveis



Essa é uma daquelas notícias que faz nossa fome por doces e sobremesas aumentar ainda mais.Segundo uma pesquisa publicada no "Journal of Personality and Social Psychology”, pessoas que gostam e consomem doces são mais propensas a ajudar outras em necessidade e a serem mais amáveis do que aquelas que não costumam comer guloseimas.

A conclusão foi alcançada após um estudo feito em conjunto por pesquisadores da North Dakota State University, nos Estados Unidos, que comparou pessoas que comeram um tipo de chocolate com um grupo que comeu um biscoito salgado ou não comeu nada. Aqueles que comeram o doce se mostraram mais dispostos a ajudar os outros. Em compensação, quem prefere outros tipos de alimentos não pareceu ser sociável na mesma proporção.Outro experimento mostrou que pessoas que gostam de alimentos com açúcar são vistas como mais agradáveis e prestativas do que quem gosta mais de outros sabores.

Agora você tem mais uma desculpa para repetir a sobremesa, né?
 

Comemore o Dia dos Avós com Tortas Daguia



Parece que na casa dos avós a gente sempre come mais, não é mesmo? Também, eles nos enchem de comidinhas gostosas, preparadas com muito carinho e amor. Mas, esta semana vai ser um pouquinho diferente. Isso porque, quem vai levar a sobremesa é você.

Sexta-feira é dia dos avós e merece ser comemorado de forma especial. Convide os pais, tios, irmãos, primos, para juntos fazerem a festa em homenagem àqueles que são pais duas vezes.

E para a comemoração, encomende uma torta bem gostosa da Daguia Tortas Finas. Ah! Se a família for muito grande, vale encomendar mais de uma, né?

Escolha um sabor de acordo com a preferência dos seus avós, tente sondar com algum deles, antes de encomendar. Afinal, no meio de tantas opções gostosas da Daguia Tortas Finas, fica até difícil escolher sem uma ajudinha.

Caso algum de seus avós não possa comer doces, não fique triste. A Daguia também tem deliciosas minitortas sem adição de açúcar, especiais para esses casos.

Combine com a família e monte a surpresa. Seus avós, sem dúvida, vão adorar. Não perca a oportunidade de dizer e demonstrar quanto os ama.

Ah! E não vá esquecer, os dois primeiros e maiores pedaços já possuem donos. Seus avós!
 

Londres, doce Londres



O artista Chris Naylor usou 2.186 cubos de açúcar para retratar um dos principais monumentos históricos de Londres. A obra é uma homenagem ao 10º aniversário do Museum of London Docklans, instalado em um antigo prédio, que foi construído por comerciantes de açúcar há 210 anos.

A obra de arte, feita em cubos de açúcar, retrata ainda a Catedral de St. Paul, a London Eye, o Gherkin e a Tower Brigdge.

Confira nas fotos a doce Londres de Chris Naylor.

 
 
« Anterior  1  2  3  4  5  6 ... 9  Próximo »