A DaguiaNossas DelíciasPrateleiraReceitasSeu EspaçoContato

Entenda porque o chocolate se tornou, então, um dos símbolos da páscoa.

Enviado em 18 de março de 2011, às 15h18min


A Páscoa (do grego Pessach, significando passagem) foi comemorada primeiramente pelos hebreus (judeus) representando a libertação deste povo da escravidão em que viviam no egito. Mais tarde, devido à morte e ressurreição de Jesus Cristo, que ocorreu durante a páscoa judáica, os cristãos passaram a comemorar a páscoa representando a vitória de Cristo sobre a morte, sua libertação e passagem para uma nova vida.

 

Com o decorrer do tempo, e expansão do cristianismo, alguns símbolos de rituais pagãos de outros povos foram ligados a Páscoa. Alguns povos comemoravam nesta época a passagem do inverno para a primavera, e, como parte das comemorações era costume oferecer e receber ovos coloridos, que representavam a vida e a fertilidade que esta estação do ano trazia. O coelho foi adotado como portador deste ovos por se tratar de um animal notoriamente fértil.

Ao longo do tempo, os ovos de pato ou galinha foram sendo substituídos por ovos de madeira, prata e até mesmo ouro decorados com pedras preciosas, até que, com a chegada das indústrias de chocolate, passaram a ser produzidos com esta matéria prima. O chocolate se tornou, então, um dos símbolos da páscoa.